Unlimited Plugins, WordPress themes, videos & courses! Unlimited asset downloads! From $16.50/m
Advertisement
  1. Code
  2. WordPress
Code

Linha de Comando do WordPress

by
Difficulty:BeginnerLength:ShortLanguages:

Portuguese (Português) translation by Erick Patrick (you can also view the original English article)

Final product image
What You'll Be Creating

Desenvolvedores e usuários do WordPress são familiarizados com o painel administrativo /wp-admin e seu funcionamento.

Esse guia é tanto para usuários quanto para administradores. Já ouvi muitas reclamações (principalmente de administradores de sistemas) sobre WordPress e como sua inúmeras configurações podem ser bastante confusas na hora de achar onde clicar ou lembrar onde cada funcionalidade reside. Como isso acontece até com os criadores de plugins, não há forma centralizada de interagir com o WordPress como uma interface direta de verdade para comandos.

Pois bem, esses dias acabaram, porque o WordPress possui uma ferramenta de linha de comando e ela é muito útil!

Obtendo a Ferramenta

Baixemos o WP-CLI com o seguinte comando no Terminal:

Vejamos se funcionou usando:

Agora, configuremo-lo como wp para ser usado em qualquer lugar, assim:

Isso requererá a senha de administrador para completar o comando sudo.

Para o guia oficial, devemos ir ao site do WP-CLI e ver instruções mais detalhadas e informações sobre o projeto (como problemas de configurações com MAMP e outros tópicos úteis).

Uso

Para usar a ferramenta WP-CLI, devemos ir ao diretório de instalação do WordPress e executar wp:

Trabalhar com a ferramenta wp é auto-explicativo. Podemos executar qualquer funcionalidade existente no painel administrativo, a partir da linha de comando. Criação de publicação, execução de código, suporte de plugin, tudo está lá.

Para aprender mais sobre alguma funcionalidade presente, executemos wp help <comando>, por exemplo:

Daqui, podemos atualizar o WordPress com update ou verificar se existe alguma atualização com check-update.

Cópia de Segurança

Para segurar a aplicação WordPress usando CLI, executemos:

Isso gerará uma cópia não comprimida do site e um arquivo .SQL que poderemos usar para criar um ficheiro tar, assim:

Restauração de Cópia de Segurança

Acessemos o diretório onde o arquivo .SQL criado por wp db export está e importemo-lo com o mysql, dessa forma:

Instalando um Plugin

Para instalar um plugin, podemos executar:

Podemos ver os plugins instalados com wp plugin list:

Podemos ativá-los ou destiavá-los com activate ou deactivate, respectivamente:

Instalação Multisite

Para fazer o wp funcionar em uma instalação multisite do WordPress, basta passar o argumento --url, assim:

Se quisermos que wp lembre a configuração --url, podemos especificá-la em um arquivo wp-cli.yml, que deve ficar dentro do diretório raiz do WordPress.

Adicionemos o código a seguir no wp-cli.yml:

Agora, podemos omitir o argumento --url dos comandos wp:

Isso lerá a configuração existente em wp-cli.yml e adicionará --url test.exemple.com, automaticamente.

Conclusão

Seja para verificar atualizações; realizar cópias de segurança; adicionar ou remover plugins; ou alterar temas, podemos fazê-los todos sem sair da linha de comando. Isso torna a wp-cli uma ferramenta bastante poderosa.

Para mais informações sobre como usá-la de forma ainda mais completa, bastar continuar lendo o manual da WP-CLI.

Advertisement
Advertisement
Looking for something to help kick start your next project?
Envato Market has a range of items for sale to help get you started.