Advertisement
  1. Code
  2. Flask

Construindo APIs RESTful Com Flask: Independente de ORM

by
Difficulty:IntermediateLength:ShortLanguages:
This post is part of a series called Building RESTful APIs With Flask.
Building RESTful APIs With Flask: An ORM With SQLAlchemy

Portuguese (Português) translation by Erick Patrick (you can also view the original English article)

Na primeira parte dessa série, vimos como criar APIs RESTful por conta própria usando Flask como a framework Web. Na segunda parte, criamos uma API RESTful usando Flask-Restless que depende do SQLAlchemy como ORM. Nesta parte, usaremos outra extensão do Flask, Flask-Restful, que abstrai seu ORM e não faz suposições sobre o mesmo.

Usaremos a mesma aplicação exemplo da parte anterior para manter o contexto e dar continuidade. Embora esse exemplo seja baseado no SQLAlchemy, a nova extensão pode ser usada com qualquer ORM, de maneira semelhante ao que faremos nesse tutorial.

Instalando Dependências

Embora continuemos a aplicação do tutorial anterior, precisamos instalar uma nova dependência:

A Aplicação

Antes de continuarmos, talvez queira remover o código que escrevemos para a segunda parte da série para ser mais claro.

Como sempre, começaremos com as mudanças na configuração da nossa aplicação, que parecerá mais ou menos com isso:

flask_app/my_app/__init__.py

Adicionar as linhas de código acima deve bastar.

flask_app/my_app/catalog/views.py

O funcionamento do código acima é autoexplicativo. Porém, aprofundarei em alguns pontos. O código acima é bem parecido ao código que escrevemos na primeira parte da série, mas a extensão usada realiza muitas otimizações por trás do panos e provê muito mais funcionalidades que podem ser utilizadas.

Os métodos declarados em qualquer subclasse de Resource serão considerados, automaticamente, para roteamento. Além disso, quaisquer parâmetros que esperamos receber nas chamadas HTTP precisarão ser analisadas usando reqparse.

Testando a Aplicação

Essa aplicação pode ser testada da mesma forma que fizemos na segunda parte da série. Mantivemos o mesmo roteamento para esse propósito.

Conclusão

Nessa última parte dessa série sobre APIs RESTful com Flask, vimos como criar essas APIs independente de ORMs. Agora, temos diversas formas para criação de APIs RESTful básicas com Flask.

Há muito mais a ser aprendido sobre cada um dos métodos apresentados e podemos explorá-los por conta própria, usando o básico que aprendemos nessa série.

Advertisement
Advertisement
Advertisement
Advertisement
Looking for something to help kick start your next project?
Envato Market has a range of items for sale to help get you started.