Unlimited Plugins, WordPress themes, videos & courses! Unlimited asset downloads! From $16.50/m
Advertisement
  1. Code
  2. WordPress
Code

Um Passo a Passo sobre Tags Condicionais no WordPress: Introdução

by
Difficulty:BeginnerLength:ShortLanguages:
This post is part of a series called A Walkthrough on Conditional Tags in WordPress.
A Walkthrough on Conditional Tags in WordPress: 1 to 13

Portuguese (Português) translation by Lucas Martins (you can also view the original English article)

Uma das mais importantes vantagens do WordPress é a extensibilidade do core. Com temas e plugins, os usuários do WordPress vem sendo capazes de moldar seus sites por quase uma década. (WordPress foi lançado em 2003, mas os plugins foram introduzidos em 2004 e já os temas em 2005.) E para criar uma infraestrutura tão sólida, o WordPress inclui lotes de subsistemas acessíveis (funções, classes ou APIs). Um deles são as "Tags Condicionais" , que permitem que o nosso código funcione de forma diferente em situações particulares.

Nesta série, nós vamos aprender sobre essas Tags Condicionais. Vamos começar com a definição e a importância das Tags Condicionais neste post. E na parte seguinte, nós vamos passar pelas Tags Condicionais com uma descrição e alguns exemplos.

Vamos começar!

O que são Tags Condicionais?

No Codex, Tags Condicionais são descritas assim:

As Tags Condicionais podem ser usadas em seus Template Files (Arquivos de Modelo) para alterar o conteúdo que é exibido e como esse conteúdo é exibido em uma página específica dependendo das condições que essa página corresponde.

Você começa a ideia: A fim de fazer seu código usar e/ou alterar o conteúdo, você usa as Tags Condicionais e informa em seu código o tipo, o estado e o lugar do conteúdo. Imagine seu código e o WordPress tendo uma conversa:

  • Seu Código: Ei cara, preciso de ajuda.
  • Wordpress: Claro, sou todo ouvidos. O você que precisa?
  • Seu Código: Eu vou envolver estes títulos de post com algumas DIVs, mas preciso saber se estes estão em alguma página de arquivo de categoria. São estes em uma página de arquivo de categoria?
  • Wordpress: TRUE (Verdadeiro)
  • Seu código: Hum... O que?
  • WordPress: Quer dizer, sim.
  • Seu código: Isso é ótimo, obrigado!
  • WordPress: Tchau!

Então, resumindo, Tags Condicionais são declarações booleanas que orientam o seu código para entender aonde está, quando usado dentro de um declaração if/else. Elas só retornam TRUE (Verdadeiro) ou FALSE (Falso), e seu código precisa somente destes dois valores booleanos.

Como usar as Tags Condicionais

Enquanto as Tags Condicionais são uma parte muito importante do desenvolvimento no WordPress, é incrivelmente simples de usa-las. Umas vez que elas só retornam TRUE ou FALSE, você pode usá-las dentro de uma declaração if sem qualquer problema. (Na realidade, existem excepcionalmente três Tags Condicionais  que retornam FALSE ou um valor, e nós vamos chegar a eles nas próximas partes, mas você pode usá-los em declarações If também.)

Vamos dar um rápido exemplo de como uma Tag Condicional funciona:

Pegou? Usamos a Tag Condicional para a declaração if e dissemos ao WordPress que se for página inicial, este pedaço de código vai ecoar um — um pouco maçante — texto de boas-vindas. Não é realmente que de um grande negócio.

Vamos dar um outro exemplo, com algum código mais "limpo":

Viu o que fizemos? Criamos uma variável e definimos a Tag Condicional nela; então por isso fomos capazes de usar a variável para a declaração if. Pedaço de bolo!

Cenários de Exemplo para usar Tags Condicionais

Acredite em mim quando digo que há um número infinito de casos para usar Tags Condicionais. Em cima da minha cabeça, posso te dar cinco cenários em que você pode fazer uso das Tags Condicionais:

  1. Imagine que você está desenvolvendo um plugin de compartilhamento em redes sociais para Wordpress e quer dar a seus usuários a opção para mostrar e ocultar o widget sob posts e páginas. Com a combinação de is_single(), is_page() e is_singular(), você pode criar uma função que verifica as configurações do plugin do usuário e, digamos, esconde o widget em páginas mas mostra abaixo de cada post.
  2. Vamos dizer que você está desenvolvendo um tema para uma pequena empresa. Você está trabalhando na página "Notícias" (a parte de "blog" do tema) e você projetou uma listagem de posts com miniaturas... mas você sabe que eles vão esquecer ou optar por não usar uma miniatura para alguns posts. Isso é onde has_post_thumbnail() vem a calhar: Use-o e seu tema irá verificar se o post não tem uma miniatura e exibirá uma imagem padrão.
  3. Suponha que você está criando um plugin de complemento para um popular plugin WordPress. Você precisa detectar que o plugin principal está instalado e sendo usado porque o seu plugin pode causar problemas se um usuário novato instalá-lo sem utilizar o plugin principal. A solução é simples: Usando is_plugin_active(), você pode desativar a funcionalidade do seu plugin e usando is_plugin_inactive(), pode exibir um aviso na área administrativa.
  4. Você criou um tema para outro cliente e eles querem fazer upload de imagens, documentos PDF e arquivos ZIP para seus posts - mas também querem exibir todas as imagens abaixo de cada post. Simplesmente usando a Tag Condicional wp_attachment_is_image() poderá escolher as imagens e mostrá-las sob os posts.
  5. Digamos que você está fazendo um plugin para blogs multi-autor e você quer detectar se o site do usuário possui mais de um autor. A Tag condicional is_multi_author() dá-lhe a resposta.

Conclusão

Como você pode ver, Tags Condicionais são uma das características mais fáceis de usar WordPress, mas também uma das partes mais importantes no desenvolvimento de temas e plugins.

O objetivo desta série é apresentar as Tags Condicionais e nós estamos apenas começando. Nos próximos cinco artigos, nós vamos passar por 65 diferentes Tags Condicionais com descrições, casos de uso e exemplos para alguns deles.

Nos vemos na próxima parte!

Seja o primeiro a saber sobre novas traduções–siga @tutsplus_pt no Twitter!

Advertisement
Advertisement
Looking for something to help kick start your next project?
Envato Market has a range of items for sale to help get you started.