Unlimited Plugins, WordPress themes, videos & courses! Unlimited asset downloads! From $16.50/m
Advertisement
  1. Code
  2. WordPress
Code

Um Passo a Passo Sobre Tags Condicionais em WordPress: 1 ao 13

by
Difficulty:BeginnerLength:MediumLanguages:
This post is part of a series called A Walkthrough on Conditional Tags in WordPress.
A Walkthrough on Conditional Tags in WordPress: Introduction
A Walkthrough on Conditional Tags in WordPress: 14 to 26

Portuguese (Português) translation by João Fagner (you can also view the original English article)

Na primeira parte desta série, conhecemos os fundamentos de Tags Condicionais — o que são, como usá-los e alguns cenários onde as Tags podem ser úteis.

Nesta segunda parte, nós vamos começar revendo 13 Tags Condicionais e nos próximos cinco artigos (incluindo este), nos passaremos por todas as 65 Tags Condicionais que estão documentadas no Codex.  Certifique-se de verificar a primeira parte, caso não tenha feito.

Vamos começar!

1. Verificando se estamos "na página Index de Posts do Blog": is_home

Está mal compreendida Tag Condicional verifica se a página de índice de postagens do blog está sendo exibida. Nos velhos tempos, quando o WordPress era apenas uma "plataforma de blogging", a "página inicial" significava uma lista de suas últimas postagens no blog. Mas depois do crescimento do WordPress em um sistema de gerenciamento de conteúdo o nome is_home tornou-se meio obsoleto.

Parâmetros Aceitos

Esta Tag Condicional não aceita nenhum parâmetro.

Exemplo de Uso Para is_home

Digamos que você quer receber seus visitantes na página inicial. Aqui está o que você precisa fazer:

2. Verificando se o Tema Atual é um Tema Filho: is_child_theme()

Ao desenvolver com o WordPress, você pode precisar verificar se é um tema filho que está sendo utilizado. Se for esse o caso a Tag Condicional is_child_theme() irá ajudá-lo retornando TRUE ou FALSE quando um tema filho estiver sendo usado ou não.

Parâmetros Aceitos

Esta Tag Condicional não aceita nenhum parâmetro.

3. Verificar se o Post está na categoria atribuida: in_category()

Em um projeto do WordPress, você pode querer posts de diferentes categorias se comportando de forma diferente. Por exemplo, você pode querer adicionar classes para determinados posts, ou ocultar esses posts da lista de post padrão complemente. A Tag Condicional in_category() permite que você determine posts publicados em uma determinada categoria ou categorias.

Parâmetros Aceitos

Essa Tag Condicional tem dois parâmetros:

  • $category (array/string, requerido): ID da Categoria, nome, slug ou um array. (Padrão: Sem)
  • $post (object/integer, opcional): O post (ID ou objeto) para verificar. (Padrão: Post atual)

Exemplo de Uso para in_category()

Digamos que você tem um blog com muitas categorias, sendo "Anúncios" e você quer que ter as atualizações para saída de outras postagens. Sendo assim você deseja adicionar uma classe personalizada para diferenciar o post. Aqui está o que você precisa fazer:

4. Verificando se um "Página de Template" está em uso: is_page_template()

Páginas de Template é um recurso do WordPress que permite que você escolha como certas páginas serão exibidas. Com a ajuda da Tag Condicional is_page_template() , você pode detectar se um determinada Página de Template (ou qualquer Página de Template) está sendo usada.

Parâmetros Aceitos

Esta Tag Condicional tem apenas um parâmetro:

  • $template (string, opcional): Nome do Template — com extensão. (Padrão: Nenhum)

5. Verificando se a Página é uma Página de Arquivo: is_archive()

Existem muitos tipos de arquivos em um site WordPress: arquivos de data, arquivos do autor, arquivos de categoria, tag de arquivos e arquivos de taxonomia personalizada... Mas se você deseja detectar páginas de arquivos em geral, o is_archive() será o seu amigo: ele verifica se uma página de arquivo está sendo exibida.

Parâmetros Aceitos

Esta Tag condicional não aceita nenhum parâmetro.

Exemplo de Uso para is_archive()

Digamos que você quer preceder títulos do post com algum texto no arquivo de páginas. Aqui está o que você poderia fazer:

6. Verificando se a Página é uma Página de "Data Archives" (Arquivos de Data): is_date()

Como eu disse antes, há muitos tipos de arquivo de páginas e arquivos de data são um deles. Arquivos de data podem ser separados em arquivos anuais, mensais e diários; Mas se você deseja detectar páginas de arquivos de data em geral, você pode usar a Tag Condicional is_date().

Parâmetros Aceitos

Esta Tag Condicional não aceita nenhum parâmetro.

7. Verificando se Determinado Widget Está em Uso: is_active_widget()

A criação de widgets no WordPress é fácil e divertido, mas talvez precisamos determinar se o widget está em uso na na pagina ou não. A Tag Condicional is_active_widget() faz exatamente isso: ele verifica se o widget está sendo exibido.

Parâmetros Aceitos

Essa Tag Condicional tem quatro parâmetros:

  • $callback (string, opcional): Widget retorno de chamada para verificar. (Padrão: FALSE)
  • $widget_id (integer, opcional): ID. do Widget (Padrão: Nenhum)
  • $id_base (string, opcional): ID de Base de um widget criado estendendo WP_Widget. (Padrão: Nenhum)
  • $skip_inactive (boolean, opcional): se deve pular widgets inativos ou não. (Padrão: TRUE)

Exemplo de Uso para is_active_widget()

Digamos que um widget em seu tema requer jQuery para executar e você precisa enfileirar o script condicionalmente. Aqui está o que você precisa fazer:

8. Verificando se a Página é a Página de Post Única (Single) do Blog: is_single()

Deseja verificar se o usuário está visitando um único post? Uma das Tags Condicional mais populares e is_single() que pode ajudá-lo. Ele pode detectar qualquer tipo de post, exceto páginas de anexos e Página de páginas. E se você especificar um ID do post, título do post ou post slug (ou um array disso), você pode detectar post(s) específicos também.

Parâmetros Aceitos

Esta Tag Condicional tem apenas um parâmetro:

  • $post (array/string, opcional): Post ID, título, slug ou uma array com disso. (Padrão: Nenhum)

9. Verificando Se o Endereço de E-mail Existe na Tabela de Usuários: email_exists()

Se você precisa verificar um endereço de e-mail existe na tabela de usuários do WordPress, você pode usar a Tag Condicional email_exists().

Essa Tag Condicional em particular é uma das três Tags que retornam um valor diferente de TRUE — retorna o ID do usuário registrado com o endereço de e-mail fornecido.

Parâmetros Aceitos

Esta Tag Condicional tem apenas um parâmetro:

  • $email (string, opcional): Endereço de E-mail para ser verificado. (Padrão: Nenhum)

Exemplo de uso de email_exists()

Digamos que você esteja desenvolvendo um plugin que cria uma lista de e-mails de endereços dos e-mails dos usuários e permite que você adicione e remova endereços de e-mail com entrada personalizada, mas você deseja evitar exclusão de endereços de e-mail que pertencem aos usuários. Aqui está o que você precisa fazer:

10. Verificando Se o Tipo de Post é Hierárquico: is_post_type_hierarchical()

Como páginas e sub páginas, você pode definir a hierarquia para novos tipos de post personalizado no WordPress. A Tag Condicional is_post_type_hierarchical() permite que seu código saiba se o tipo de post fornecido é hierárquico ou não. 

Parâmetros Aceitos

Esta Tag Condicional tem apenas um parâmetro:

  • $post_type (string, requerido): nome do tipo de post. (Padrão: Nenhum)

11. Verificar se o Post é Fixo "Sticky": is_sticky

Um "Post Fixo" é um post que fica no topo da listas de posts, não importando qual data foi publicado. E — eu serei um pouco discriminatório aqui — os posts fixos merecem tratamento diferenciado dos outros, postes comuns. Então se você quiser adicionar uma classe de post para postagens fixas ou tratá-los de forma diferente, você pode fazer o seu código detectá-los usando a Tag Condicional is_sticky.

Parâmetros Aceitos

Esta Tag Condicional tem apenas um parâmetro:

  • $post_id (string, opcional): ID do post. (Padrão: Nenhum)

Exemplo de uso para is_sticky()

Digamos que está fazendo um tema e você deseja exibir uma tarja (ribbon) "FIXA" nos posts Fixos. Aqui está o que você precisa fazer:

12. Verificando se o Painel da Administração Está Sendo Exibido: is_admin()

Nos permitindo saber se estamos na front-end ou back-end, is_admin() é uma das Tags Condicional mais populares dentre todas. Como o nome sugere is_admin verifica se o painel de administração do WordPress está sendo exibido.

Parâmetros Aceitos

Esta Tag Condicional não aceita nenhum parâmetro.

13. Verificar se a página é uma página de "Arquivos de Categoria": is_category()

Quando você desejar detectar determinadas páginas de arquivo de categoria, você pode usar a Tag Condicional is_category(). Definindo uma categoria (ou uma array de categorias) como seu parâmetro, você pode verificar se os arquivos dessas categorias estão sendo exibidos. Se você deixar o parâmetro sem setar (unset), ele retornará TRUE quando qualquer página de arquivo de categoria estiver sendo exibida.

Parâmetros Aceitos

Esta Tag Condicional tem apenas um parâmetro:

  • $category (string/array, opcional): ID da categoria, título, slug ou um array disso. (Padrão: Nenhum)

Exemplo de Uso Para is_category()

Digamos que você deseja incluir uma barra lateral diferente quando estão sendo exibidas os arquivos da categoria "News". Aqui está o que você precisa fazer:

Conclusão

Nesta parte revimos 13 Tags Condicionais de 65 documentados no WordPress. Nas próximas partes, iremos aprender mais 52 restantes. Se você tiver qualquer pergunta ou comentários faça abaixo—e se você gostou deste artigo, não se esqueça de compartilhá-lo!

Nos vemos na próxima parte!

Seja o primeiro a saber sobre novas traduções–siga @tutsplus_pt no Twitter!

Advertisement
Advertisement
Looking for something to help kick start your next project?
Envato Market has a range of items for sale to help get you started.