Unlimited WordPress themes, graphics, videos & courses! Unlimited asset downloads! From $16.50/m
Advertisement
  1. Code
  2. WordPress
Code

50 Filtros Para WordPress: Os 10 Primeiros Filtros

by
Difficulty:BeginnerLength:MediumLanguages:
This post is part of a series called 50 Filters of WordPress.
50 Filters of WordPress: An Introduction to Filters
50 Filters of WordPress: Filters 11-20

Portuguese (Português) translation by Erick Patrick (you can also view the original English article)

No primeiro artigo desta série, apresentamos a ideia do mundo dos filtros dentro do contexto do WordPress. Neste tutorial, começaremos a revisar os 50 filtros selecionados, explicando o que eles fazem, além de ver um exemplo de cada filtro.

Então, sem mais delongas, eis a primeira leva dos nossos 50 filtros!

Alterando As Mensagens Padrão de Erro de Login

O WordPress dá muita informação ao apresentar as mensagens de erro de login: "A senha que você digitou para o usuário barisunver está incorreta". Isso significa que hackers poderiam tentar nomes de usuários diferentes para descobrir qual nome de usuário usamos. Graças a esse filtro, você pode desabilitar esse tipo de mensagem.

Exemplo: Corrigindo o "Problema de Muita Informação"

Que tal mudarmos todas as mensagens de erros para uma cadeia de caracteres vazia, prevenindo que hackers descubram informações sobre nossas credenciais?

Agora, sim. Muito melhor.

Redirecionando Comentaristas para Outra Página

Após publicar um comentário no WordPress, você permanece na mesma página. Sim, é a coisa mais lógica a se fazer, mas, você sabia que você pode redirecionar seus comentaristas para outra página, uma vez que seus comentários tenham sido publicados com sucesso? O filtro comment_post_redirect nos permite fazer isso e tenho o exemplo perfeito para esse tipo de filtro!

Exemplo: Redirecionar o Usuário para Página de Cadastro Após Comentário Bem Sucedido

Há uma chance maior dos comentaristas "seguirem" seu blog por novos artigos, certo? Se os direcionarmos para uma página com "Obrigado pelo seu comentário! Você gostaria de se cadastrar no meu blog?", poderíamos transformar esses comentaristas em inscritos/clientes! E é bem fácil de fazer isso, com a ajuda do nosso filtro comment_post_redirect:

Perceba que o WordPress usa a função wp_safe_redirect(), implicando que você deve usar uma página local ou uma página em servidores permitidos (veja o filtro allowed_redirect_hosts mais abaixo).

Permitindo Redirecionamento Externo para a Função wp_safe_redirect()

Por padrão, a função wp_safe_redirect() não permite redirecionamento para páginas externas. Mas podemos alterar esse comportamento e especificar um servidor externo usando este filtro.

Exemplo: Permitindo Redirecionamentos de Subdomínios

Uma vez que a função wp_safe_redirect() só permite redirecionamentos dentro da instalação do WordPress, subdomínios do seu domínio estão além dos limites, também. 

Façamos com que o WordPress também possa usá-los:

Adicionando Classes à Tag <body>

A função body_class() é maravilhosa. Ela provê classes diferentes para a tag body em páginas diferentes, assim você pode usar seu CSS de forma mais efetiva. E com o filtro homônimo, body_class, você pode adicionar ou remover classes.

Exemplo: Adicionando Classes de Categoria às Tags <body> de Páginas de Artigos

Se precisar de estilos diferentes para cada uma das suas categorias, o filtro body_class pode ajudar você, adicionando classes com os nomes das categorias à tag body das páginas de artigos. 

E é assim que se faz:

Se você tem uma categoria chamada "Programação", você poderá usar a classe .cat-programacao para estilizar os posts na categoria "Programação".

Alterando a Localização

O WordPress é o sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS) número 1 do mundo porque ele nos permite traduzir praticamente todos os textos existentes nele. E o filtro locale nos permite configurar a localização de nossa instalação WordPress.

Exemplo: Alterando o Idioma de um Site com um Parâmetro de URL

Se você possuir um site multilíngue, uma solução fácil para adicionar uma forma de alterar o idioma seria usar um parâmetro de URL, dessa forma abaixo:

Agora, quando configurar o parâmetro de URL assim mywebsite.com/?language=tr, a localização do seu site será alterada para Inglês dos Estados Unidos. Não serve para o conteúdo do artigo, claro, mas já é um começo.

Filtragem de Limpeza de Nomes de Usuário

O WordPress limpa os nomes de usuários com uma função de limpeza chamada sanitize_user(). Com o filtro de mesmo nome, você pode customizar essa função.

Exemplo: Aceitar Nomes de Usuário Somente em Minúsculo

Se não quiser aceitar nomes de usuário que contenham letras maiúsculas (independentemente de ser "SHOUTINGBOY88" ou "CrazyGirl92"), você pode usar a função strtolower do PHP e atrelá-la ao filtro sanitize_user, como logo abaixo:

Provavelmente, esse é um dos filtros mais fáceis desta série.

Filtrando o Conteúdo do Artigo

Esse filtro não requer muita apresentação: O filtro the_content nos permite alterar o conteúdo do artigo.

Exemplo: Removendo As Tags <p> que Envolvem as Imagens

O WordPress não nos permite mostrar imagens fora de parágrafos - ele as envolve automaticamente em uma tag <p>, que, para mim, é bem irritante. Se você também se irrita com esse comportamento, você pode remover essas tags <p> com a ajuda desse pequeno trecho de código:

Filtrando Formulários de Artigos Protegidos por Senha

Para artigos protegidos por senhas, o WordPress substitui o conteúdo do artigo por um formulário para a senha, de forma automática. Com o filtro the_password_form, você pode editar esse formulário.

Exemplo: Simplificando o Formulário de Senha

Se você costuma usar artigos protegidos por senhas no seu site WordPress e não precisa do texto "Esse conteúdo é protegido por senha. Para visualizá-lo, digite a senha abaixo:", você pode simplificar o formulário com a ajuda do trecho de código abaixo:

E é isso. Agora, só temos três palavras, um campo de senha e um botão de enviar os dados, tudo numa única linha.

Filtrando a Função the_terms()

Se você não está satisfeito com o retorno da função the_terms(), ou simplesmente quer usá-la para um propósito diferente, você pode usar o filtro homônimo: the_terms.

Exemplo: Remover Tags HTML da Função the_terms()

Alguns anos atrás, precisei transformar as tags dos meus posts em texto simples. Passei várias e várias horas procurando alguma solução. No fim das contas, tinha uma extremamente simples:

Você não imagina a minha cara quando descobri que poderia usar uma função padrão do PHP com o filtro the_terms.

Alterando o Endereço de E-mail Usado para Envios de E-mail do seu Site

Quando o WordPress envia e-mails para você ou para os membros do seu site, ele usa um endereço de e-mail parecido com isso wordpress@seusite.com. Com esse filtro, você pode alterá-lo.

Exemplo: Configurando seu Próprio Endereço de E-mail para o Endereço de E-mail do Remetente

Com uma função retornando apenas um e-mail diferente, você poderá alterar o endereço do remetente facilmente:

Você pode usá-lo junto do filtro wp_mail_from_name: Mesma lógica, apenas crie uma função que retorna outra cadeia de caracteres, dessa vez, para o nome do remetente e anexe-a ao filtro wp_mail_from_name.

Resumo de Hoje

Vimos os primeiros 10 filtros nesse artigo. Espero que tenha gostado e aprendido alguns truques. Até o próximo artigo!

Ah! Gostaria de saber o que você achou, também. O que você achou dos filtros? Deixe seu comentário abaixo e, se tiver curtido o artigo, não deixe de compartilhá-lo!

Seja o primeiro a saber sobre novas traduções–siga @tutsplus_pt no Twitter!

Advertisement
Advertisement
Looking for something to help kick start your next project?
Envato Market has a range of items for sale to help get you started.